Está aqui

Comentários efectuados por Céu

  • Céu comentou a entrada "Namoro entre cegos e entre um cego e um normovisual: Quais as diferenças?" à 9 anos 5 meses atrás

    Olá Nelson!

    Pesquisei na Net e encontrei algumas informações sobre Anirídia. Espero que o tenha ajudado.

    Aniridia

    O termo aniridia refere-se à ausência da íris, estrutura mais visível e colorida do olho dos vertebrados.

    Comumente esta condição é bilateral, podendo ser genética ou esporádica. No primeiro caso, o gene afetado é o PAX6, situado na região AN2 do braço curto do cromossomo 11 (11p13), responsável por comandar uma cascata de outros processos genéticos envolvidos no desenvolvimento ocular.

    A forma genética é transmitida de forma autossômica dominante (raramente autossômica recessiva), enquanto que na esporádica podem ser encontradas mutações na região WT1 adjacente à região aniridia AN2, levando a uma neoplasia denominada nefroblastoma (tumor de Wilms). Também é comum observar nesses pacientes alterações geniturinárias, atraso mental (síndrome de WARG) e ataxia cerebelar (síndrome de Gillespie).

    Além das condições anteriormente citadas, outras podem estar associadas à aniridia, como:
    •Fotofobia, que pode levar à cefaleia;
    •Nistagmo;
    •Glaucoma;
    •Catarata;
    •Queratopatia;
    •Deslocamento da retina;
    •Mácula;
    •Desordens do nervo óptico.

    A aniridia afeta de 1:40.000 a 1:100.000 indivíduos nascidos vivos, acometendo ambos os sexos igualmente. A aniridia esporádica ocorre em 1 a cada 3 casos desta condição.

    A confirmação do diagnóstico é alcançada por meio do teste genético.

    Quando a criança é diagnosticada com aniridia, alguns cuidados devem ser tomados, como controle oftalmológico regular, ultrassonografia regular dos rins e acompanhamento terapêutico especializado em crianças deficientes visuais.

    Fontes:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Aniridia
    http://www.aniridia.eu/what-is-aniridia/portuguese/
    http://www.rnib.org.uk/eyehealth/eyeconditions/conditionsac/Pages/anirid...

  • Céu comentou a entrada "Gêmeos surdos belgas morrem por eutanásia após perderem visão" à 9 anos 5 meses atrás

    Agradeço que nos tenha disponibilizado matérias sobre este caso. E a tradução está muito boa, não se preocupe!

    Mas, na verdade, não entendo a opção deles.

    O meu companheiro é surdocego total e nem por isso ele desejou o seu fim! Leva uma vida normal...com algumas limitações, é claro! Estou a falar do Marco.

    Sinto que houve falta de apoio e incentivo do meio, daqueles que os rodeavam! Sinto que não foram devidamente acompanhados durante esta fase de não aceitação das suas limitações!

    Culpo a sociedade...uma sociedade que se diz interventiva, inclusiva...mas é tudo só fachada!

    Cumprimentos!

  • Céu comentou a entrada "Gêmeos surdos belgas morrem por eutanásia após perderem visão" à 9 anos 5 meses atrás

    Não entendo nem aceito esta opção!

    Não eram doentes terminais e não estavam acamados...!
    Imagino que tenha sido difícil para eles lidar com a surdocegueira, mas também acho que foram extremamente precipitados!

    Talvez eles, sequer, nunca aceitaram a surdez e a perda de visão veio piorar as coisas! Mas acho que deviam ter lutado, enfrentando e aceitando as suas limitações! Deviam ter dado um outro rumo às suas vidas, procurando ajuda, dando sentido às suas vidas!

    Sou a favor da eutanásia em casos terminais, gravíssimos. Mas neste caso, eu sou completamente contra!

  • Céu comentou a entrada "POEMA: PARABÉNS LERPARAVER!" à 9 anos 7 meses atrás

    Olá Marco!

    Que bela dedicatória ao lerparaver! Não podia ter recebido melhor prenda...eheheheh! Espero que o Daniel Serra e o António Silva o tenham visto, pois devem ter ficado muito contentes!

    Eu, também queria ter feito assim uma dedicatória como esta ao lerparaver...mas não sou boa nestas coisas! Apenas me limito a colocar notícias e nada mais...eheheheh!
    Mas gostei imenso do poema! Continuas no teu melhor...grande poeta!

  • Céu comentou a entrada "Loja Terá que Pagar Indenização por Discriminar Pessoa com Deficiência. " à 9 anos 8 meses atrás

    Já dei uma vista de olhos e gostei do que li. É sempre bom mantermo-nos informados, assim sabemos como regir nestas situações desembaraçosas.

    Se náo tomarmos nenhuma atitude em relação ao preconceito à discriminação, este tipo de comportamentos vão continuar! Somos nós que temos de correr atrás dos nossos direitos. Só assim seremos respeitados.

  • Céu comentou a entrada "Loja Terá que Pagar Indenização por Discriminar Pessoa com Deficiência. " à 9 anos 8 meses atrás

    Acho muito bem feito! infelizmente, ainda hoje, no século XXI se Vê casos destes! Só que raramente nos manifestamos contra estas pessoas preconceituosas e insensíveis!

    Dou os parabénsà pessoa, portadora de deficiência, por não ter deixado ficar por ali. Era um direito seu ser bem atendida e isso não aconteceu. Fez bem e espero que outros sigam a sua coragem, para acabar com tanta discriminação.

  • Céu comentou a entrada "Biblioteca virtual visionvox! www.visionvox.com.br. Não deixem de visitar e divulgar!" à 9 anos 8 meses atrás

    Olá Diego!
    Já dei uma vista de olhos e gostei. Agradeço imensso, pois poderá ser-me muito útil!

  • Céu comentou a entrada "Namoro entre cegos e entre um cego e um normovisual: Quais as diferenças?" à 9 anos 9 meses atrás

    Olá Rosemir!

    Vocês não têm que esconder dos outros a vossa relação!

    O meu companheiro é surdocego e eu sou amblíope. Quando nos conhecemos, toda a nossa família ficou ao corrente da nossa amizade e depois da nossa relação.

    Claro! Para a minha família foi um choque tremendo no início, pois achavam que era uma loucura minha namorar com um rapaz surdocego! Demorou um pouco a aceitarem, mas hoje gostam imenso dele! Você e o seu namorado são livres e se estão felizes juntos...vivam e sejam felizes sem nada temerem!!!

    Bjs, Céu

  • Céu comentou a entrada "o amor impossível " à 9 anos 9 meses atrás

    Olá!

    Eu chamo-me Céu.
    Sou amblíope, vejo o suficiente para me desenrascar.
    O meu companheiro é surdocego. Vivemos juntos há 1 ano e meio. Somos muito felizes e temos as nossas diferenças como todo o casal!
    Acho parvoíce o que esse rapaz está a fazer. Se ele gosta de si, tem mais é que assumir. O amor torna-nos corajosos, capazes de enfrentar tudo e todos!
    Talvez ele não aceite a sua limitação, pensando quen é um fardo para os outros. Mas ele precisa de se aceitar tal como é, para ser feliz e fazer os outros felizes!
    No entanto, se ele continuar a recusá-la, esqueça-o e siga em frente.
    Faça o favor de ser feliz!

  • Céu comentou a entrada "Brasil - Remédio usado para emagrecer pode causar cegueira" à 9 anos 11 meses atrás

    Bom dia!

    Com a saúde não se brinca!
    Eu jamais tomaria remédios para emagrecer.

    Façam exercício físico, uma caminhada diária, uma alimentação cuidada e equilibrada! É possível sim emagrecer!

Páginas



111 a 120 de 211