Está aqui

"Nenhum pessimista jamais descobriu os segredos das estrelas, nem velejou a uma terra inexplorada, nem abriu um novo céu para o espírito." (Helen Keller) - blog de Marco Poeta

Um olhar sensível

por Marco Poeta

“Quando uma porta de felicidade se fecha, uma outra se abre; mas, muitas vezes, nós olhamos tão demoradamente para a porta fechada que não percebemos a que se abriu.”

Helen Keller

“Da vaga e misteriosa escuridão surgimos/E dentro de pouco retornaremos/Ao seu vasto e calado domínio.”

Helen Keller, Canto à Escuridão, in O mundo em que vivo

Um olhar sensível

Olho em redor...
Tudo está tapado,
Tudo tem de ser destapado.

As minhas mãos levantam o véu
E descobrem o segredo das coisas.
Antes eram coisas e mais coisas
Com pouco sentido oculto.
Bastava-me olhar para o céu
E ver apenas o seu vulto...

Cada toque é um estudo cuidadoso.
Nada se revela a correr
É preciso ser corajoso
E da sua força se socorrer.

Se o mundo não fosse incógnito,
Se tudo fosse conhecido
Não teria mais sentido,
Acabava-se tudo num minuto.

Mas para mim, que sou cego
E que tudo está tapado,
Ainda há muito que não sei.
Toco tudo e junto cada bocado
Num jogo de lego
E depois admiro o que formei.

O mundo está cheio de texturas,
Incensos embriagantes e de todos os sabores.
As pétalas das flores
Parecem o adejar das asas das mariposas na pradaria...

Oh, como é belo descobrir!
Cada coisa reserva o seu perfume
E o seu segredo.
A visão comum dum cego
Que passa por elas sem as sentir
Só se passasse pelo lume!

Olho em redor...
Tudo está tapado,
Tudo tem de ser destapado.

Não dá para conhecer tudo
Com as mãos.
A vida também é curta.
Mas, com as minhas mãos,
Conheço um pouco de tudo
Que se oculta.

(16-04-2010)

Comentários

Raquel, quando tiver um livro publicado ficará a saber, mas de momento a faculdade ocupa-me e preocupa-me, pq estou no primeiro ano do mestrado de Psicologia da Educação e também o ser psicólogo é o meu sonho.

"Toco tudo e junto cada bocado num jogo de lego... conheçço um pouco de tudo que se oculta"
Obrigada, Marco.
São palavras tão simples.
Eu sentia e não sabia.
Graças a Deus que inventaram os poetas.

Oi Géssica!
Fiquei com um grande sorriso estampado no rosto porque não fazia ideia de que o meu poema te podia ajudar!
O simples saber que estás bem deixa-me feliz. As tuas palavras, tão sinceras e suaves como a carícia do orvalho, deram-me novas forças para continuar a versejar poemas e a saciar-me com a felicidade dos outros.
O nosso mundo é o sentir, tudo à nossa volta é um mistério que não se deixa revelar com o simplles olhar da indiferença! Cada coisa reserva o seu perfume íntimo, mas quem vê acha que sabe tudo com um simples olhar que pouco diz sobre o que as coisas são na sua "alma".
O conhecimento é uma caminhada paciente e de bocado em bocado se contrói a felicidade, tal como os tijolos que temos para construir a nossa casa e as pontes.
Obrigado por seres sensível e teres sentido pois era isso mesmo o que eu esperava de quem lesse o meu poema.
Beijinhos e as melhores felicidades do mundo!

concordo Marco, o sentir e a verdade completa de cada individuo é muito complexo para se revelar em um olhar. é por isso que Deus é o unico que nos compreende sempre, os outros nos conhecem olho no olho, ou talvez de tocar, de ouvir. Deus nos conhece de coração pra coração, alma e alma, é por isso que ele nunca desiste de nós.
abraço Marco Poeta, a cada dia mais inspirado!

Você mesmo q eu não a conheça é especial, pq entende o que mtos não entendem em seu interior.
Sentir é algo de profundo, é mais do q olhar e ficar preso às aparências q pouco nos dizem sobre os outros, apesar de eu admitir q a aparência é apenas o reflexo subtil do interior do nosso rio. O seu fundo não se conhece pelo q as pessoas vêem, pq o q elas vêem são apenas o visível, mas o mais profundo está no nosso coração e na nossa alma.
Obrigado

Olá Marco !

Isso é tudo indpiração ou é copy & paste (copiar e colar) ?
Se é inspiração, tás mto inspirado ... !! loool

Tão mto lindos os versos ... ! lool

Abraços

Olá Filipe!
Fui eu quem escreveu o poema "Um olhar sensível", assim como todos os poemas que tenho publicado aqui.
Olha Filipe, quando eu mostro os meus poemas às pessoas elas não acreditam que fui eu que os escrevi, que fiz copy e past de outro autor, porque os versos são muito profundos. Estão à espera que eu seja um invisual pouco inteligente e com poemas que não são sequer uma sombra de poesia.
Digo-te que também fico admirado com o meu talento intuitivo para compor versos, adoro escrever e o meu mundo é muito interior.
Já venci o concurso nacional Assis Milton e um internacional sobre Braille.
Ainda bem que o meu poema me tocou e te fez sentir bem!
Um abraço

rsrs oi ! são muito lindas suas poesias Marco, voce tem livros publicados ja?

Olá de novo!
Não, ainda não tenho nenhum livro publicado, mas já estou a caminho. Há pessoas maravilhosas q querem ajudar-me e o seu apoio é inestimável!

Olá Marco !

Tou a ver q és um poeta do caraças, tens jeito pros pemas ... ! loool
Já ganhaste concursos, ... bolas isso é bom .... !
E não me pensou q não fosses poeta pelo simples facto de seres cego, só pq simplesmente nem toda a gente tem esse dom, né ?

Olha, já pensaste em editar um livro ?
Eu se fosse a ti, pensava nisso a médio e longo prazo ... !
Tu tens jeito, inspiração, gosto ... q mais te poderá faltar ?
Vais fazendo aos bocadinhos, e quando deres por ela já dá pra um livro .... ! lool
E se correr bem ainda ganhas umas massas e divulgas a tua obra ... ! loool

Pensa nisso !
Abraços

Oi Filipe!!!
Obrigado por tudo o que disseste, acho que tens toda a razão quando disses que devia publicar um livro de poemas.
De facto, esse é o meu sonho de poeta: não deixar os meus versos só para mim e no esquecimento. Os meus versos são tudo para mim e foi com eles que eu cresci e partilhei a minha noite interior quando fiquei completamente cego.
Se achas que tenho dom, não sei, porque os meus primeiros versos saiam-me bastante confusos... Ninguém diria o mesmo que agora dizem, acho que na altura estava tão confuso da vida e sem firmeza que não conseguia pensar com pés e cabeça.
No entanto, o mais engraçado é que bastava-me pensar um bocadinho e escrevia um belo poema sem ter estudado nada. Tudo acontece naturalmente só preciso de ter um meio como poder exteriorizar ao que sinto.
Encontrei neste site uma janela para poder publicar os meus poemas, o que é um bom começo para mais tarde lançar um livro. Tu não és a primeira pessoa a sugerir-me tal, mas o mais difícil é encontrar uma editora que realmente se interesse por um jovem surdo e cego que escreve poemas intensos como se os vivesse profundamente e com as palavras mais simples que toda a gente compreende e por isso não fica indiferente.
Mas mesmo assim, obrigado pelo teu conselho de amigo, estimo-o e muito.
Tudo de bom para ti!

Olá Marco !

Isso já se sabe q a vida é feita de altos e baixos, eu ainda há uns meses tinha a perna num canho (o osso do fémur partiu), e agora já ando bem, e ainda assim com 1 canadiana, por causa de ter caído há uns 6 meses numa tampa de saneamento ... !
Isto tudo pra dizer, que a vida é mesmo assim: tanto se tá bem, como logo a seguir se tá mal .. !
Mas o q realmente importa é q tenhamos coragem e não desistamos, principalmente nos momentos mais difíceis .... !
E se precisares de falar comigo tá à vontade .... ! lool
Na vida se tudo fôr fácil, não damos o devido valor aos bons momentos .... !

Relativamente à editora ....
Conheço um amigo com paralesia cerebral, cego, já vai no terceiro livro q edita
A príncipio para editar teve dificuldades, mas apareceu uma editora nova q o editou sem cobrar nada ... !
É tudo uma questão de príncipio, de procurar as editoras mais recentes, as editoras mais abertas ... !
Se quiseres posso tentar saber o nome da editora ... !

Não percas tempo ... vai fazendo no word os teus poemas, guarda-os no disco e numa pen (prevenção), e qq dia já tens um volume considerável de poemas ... depois é só procurar a editora certa, e esperar q sejam vendidos mtos exemplares ... ! loool
Há uma coisa q podes fazer para publicar o teu livro, q é publicar um pequeno excerto do livro, para dar o efeito de chamariz para a compra do livro ... !

Força aí !
Abraços

Olá Filipe!
És, sem sombra de dúvida, um amigo porreiro e disposto a ajudar sempre e sem cobrar nada em troca! Ena! Tudo o que falaste sobre a vida é verdade: quando caímos temos de nos levantar. Coragem é o que temos de ter sempre, é certo que nada é fácil e que temos de pôr à prova o que valemos! Não importa o tempo que levarmos; oque importa é que não desistamos nunca!
Olha, fiquei esperançado, pq quero sim q tu te informes sobre essa editora e me digas algo, ok? Quantas mais oportunidades melhor, há-de ser uma delas aquela q fará do meu sonho realidade!
Eu já tenho tudo no word guardado. Se conseguir quero dedicar-te o livro em jeito de agradecimento e reconhecimento. Mas se não for desta vez, é impossível que me venha a esquecer da tua amizade sincera!
Abraços

não vai demorar muito para sair este seu livro, você tem muito talento, estou torcendo por você!

Olá Raquel!
É um prazer enorme receber as suas palavras no meu coração!
Sinceramente, já tenho um livro onde guardo os poemas que vou escrevendo quando estou inspiradíssimo. Retiro desse livro alguns poemas e publico-os aqui. Mas com a universidade não me resta muito tempo para organizar esse livro que até tem um título ...
Brevemente, tentarei uma editora que esteja disposta a publicar o meu livro, mas sabe, é preciso ter muita garra para se conseguir seja o que for. E o que eu quero é que o meu grito seja ouvido por outros cegos e que eles façam o mesmo: gritem para que saibam que existimos e que somos capazes de tudo e mais do que alguns que tem tudo.
Com amizade

Olá,
O agBook, da AlphaGraphics, publica livros sob demanda de forma fácil e totalmente gratuita. Para publicar, basta acessar www.agbook.com.br e efetuar seu cadastro.
O principal objetivo do agbook é apoiar novos escritores brasileiros e ainda oferecer todas as técnicas para que o autor não somente publique o seu livro como também o promova de maneira eficiente.
Coloco meus contatos à disposição para qualquer dúvida pbaiadori@alphagraphics.com.br
Abraços.

Olá Paula!
Não imagina a alegria que estou a sentir ao saber que há no mundo pessoas maravilhosas como você que ajudam outras a realizar os seus sonhos!
Adorei a ideia de que outras pessoas possam ler os meus poemas, independentemente de terem uma deficiência ou não.
No entanto, fiquei com uma dúvida... Sou de Portugal e não sei se esse site tb permite que jovens portugueses publiquem os seus textos.
Com amizade

Olá! Marco conheci o seu blog através do lerparaver, e sempre que entro gosto de ler seus poemas que são profundos e tocante.
Parabéns pelo dom que tu tens. tu tem MSN? gosto de fazer amizades,o meu MSN é michelle_oliverblond@hotmail.com.

Olá Michelle!
Agrada-me imenso saber que gostas dos poemas que tenho escrito e que eles te tocam muito interiormente! Deves ser uma pessoa sensível senão não estarias a dizer-me isto, que encontras nos meus versos algo de significativo para ti. É para mim uma enorme honra sabê-lo e ser teu amigo.
Sim, tenho msn. O meu msn é: marbranco222@hotmail.com.
Adiciona-me aos teus contactos que quando eu puder estarei no msn.
Beijinhos

Oi Marco !

Já te adicionei tb no messeger, para q possanis bater uns papos, como dizem os brasileiros !! loool

Abraços,
Filipe

Olá Filipe!
Fizeste bem em adicionar me no teu msn! LOL!
Abraços

Olá Marco !

Eu este fim de semana estive com o Américo e fiquei surpreendido ao saber q ele já vai no quarto livro .... !
A editora chama-se tartaruga
http://tartarugaeditora.blogspot.com/

Parece-me q eles não cobram nada ou mto pouco ... !
Mas entra em contacto com eles e tenta informar-te .... !
E de certeza q esta é portuguesa ... ! looooool

Olha, pessoalmente não conheço o Américo Lisboa, mas jé entrei em contacto com ele! É muito simpático e além disso envia-me sempre livros novos que digitaliza para as bibliotecas de Gaia e Nacional!
Caraças, ele deve ser muito produtivo no mundo literário!
Vou informar-me sobre essa editora e assim q tiver notícias conto-te.
Abraço

Que bom ! loool
É um tipo simpático sim sr, e se ele te arranja livros digitalizados, melhor !! loool
Ya, para ir já no quarto livro, aquilo é sempre a sair, e os livros dele vão com uma facilidade do caraças !! loool
Eu é q não gosto mto de ler, senão já tinha 1 exemplar do seu últ livro .... !
E até poderias trocar impressões com ele, como é q ele fez para editar o primeiro livro na editora .... !
E depois, claro, informas-te na editora ... ! loool

Abraços,
Filipe

Olá Tixa!
Só hoje é que li sobre o concurso do INR e o prazo terminaou hoje...
Mas mesmo assim, fico-te grato pelo interesse que tens em fazer os poetas brilhar como estrelas que alegram as noites cerradas.
Haverá sempre novas oportunidades, o que eu achei mal é que a divulgação deste concurso não teve um maior alcance no público em questão.
Ainda bem que gostaste do que escrevi, é para mim um incentivo!
Beijinhos

Que distraído estou!
Ainda vou a tempo de enviar na 2ª feira, como já me aconteceu enviar um texto mesmo em cima da hora loool!
Vamos ver se ganho lool!
Beijinhos