Está aqui

Blog sobre Dentistas e e aparelhos Ortodônticos - blog de alves

A CLÍNICA DENTÁRIA É SEGURA? COVID-19

por alves

No momento, todos conhecemos a epidemia de COVID-19 e vamos examinar as medidas de higiene e prevenção que são aplicadas em qualquer área de nossas vidas.

Queremos voltar à normalidade, mas nos preocupamos com a nossa saúde e a de nossos entes queridos e sabemos que muitas coisas vão mudar.

Muitos de nós temos tratamentos dentários importantes pendentes ou nosso check-up odontológico ou aquela consulta para avaliar um tratamento ortodôntico com Invisalign ou para ter um implante…. e agora mais do que nunca nos perguntamos ...
A CLÍNICA DENTÁRIA É SEGURA?
As Clínicas Odontológicas sempre levaram em consideração as medidas de higiene e prevenção, por isso o uso de máscara, óculos de proteção e batas são rotina no consultório odontológico.

A CLÍNICA DENTÁRIA É SEGURA? COVID-19

Da mesma forma estão os produtos específicos para desinfecção de superfícies que são utilizados pelo pessoal auxiliar sistematicamente entre paciente e paciente ou a proteção do equipamento com tampas descartáveis ?? para as mangueiras, desinfeção de material ... e portanto um dos valores mais importantes que a clínica odontológica possui é capital humano, pois somente com uma equipe onde as funções e responsabilidades estão perfeitamente definidas é possível alcançar a excelência não só no tratamento dos profissionais, mas também no atendimento geral ao paciente.

Podemos afirmar que a Clínica Odontológica é um ambiente seguro desde que sejam realizados protocolos de higiene e esterilização e não há dúvida de que esses processos são instituídos com responsabilidade na grande maioria das clínicas dentárias atuais, embora tenhamos que reforçá-los e adaptar-se ao dinamismo que está ocorrendo e que esta nova situação do COVID-19 exige
O CORONAVIRUS PODE SER DIVULGADO NA CLÍNICA DENTÁRIA?
A diferença entre a COVID-19 e outras doenças infeciosas é a facilidade e grande capacidade de contágio.

Mas o contágio do COVID-19 não é maior em uma clínica odontológica do que em um oftalmologista, dermatologista ou cabeleireiro ou em qualquer atividade de nossa vida se tivermos as medidas de proteção adequadas.

O importante é que cada ambiente terá que tomar medidas específicas.
PODEMOS MELHORAR AS MEDIDAS DE HIGIENE E ESTERILIZAÇÃO NA CLÍNICA DENTÁRIA?
Muitos protocolos estão sendo desenvolvidos e possivelmente muitos mais surgirão, mas não devemos cair em medidas não testadas que aproveitam o caos e a confusão.

Implementamos muitas das novas medidas desde o início da pandemia de coronavírus, por isso ficamos sabendo que na entrada / recepção de nossa clínica nossos pacientes recebem gel desinfetante para as mãos ou que não há revistas ou jogos em nossa sala de espera para crianças.

Ter sala de espera que permita o distanciamento social preconizado, que o paciente venha sozinho, exceto para menores que devem fazê-lo com um único acompanhante, protocolos de mobilidade do paciente no ambulatório, boa organização de agendas e pontualidade e a garantia da distância de segurança permitirá um fluxo dinâmico de pacientes, com segurança e proteção.

O uso de EPI como sempre temos feito na Clínica Odontológica incorporando o uso de telas individuais e máscaras FFP2 também na recepção.

Serão implementados protocolos do estado de saúde do paciente em relação aos possíveis sintomas, recomendando o não uso de pulseiras, colares, brincos pela facilidade de permanência do vírus em superfícies de metal e plástico, pois o mais desconcertante nessa infecção é mesmo evitar a disseminação do COVID-19 quando os pacientes estão assintomáticos e em período de incubação, portanto, as medidas devem ser reforçadas e constantes.

Salas com boa ventilação e uso de duplo fluxo de ar, purificando o ar do interior da clínica de forma constante, serão elementos a incorporar para reduzir o risco de contágio.

Na Clínica de Ortodontia do Marquês, bem como as melhores clínicas dentárias comprometidas com a segurança dos pacientes e da equipe profissional, incorporarão todas essas medidas e aquelas que forem adequadas para garantir a saúde de todos.