Está aqui

Comentários efectuados por Dennys

  • Dennys comentou a entrada "Linha Braille de baixo custo" à 13 anos 3 meses atrás

    Milton,

    Estou concluindo o curso de engenharia da computação. Ainda não desenvolvemos comandos para integrar o software a uma linha braille pois isso depende de qual hardware seria utilizado, porém a idéia é criar uma API comum que funcionaria como uma camada intermediária entre o software e a api proprietária do hardware assim as chamadas das funções não são alteradas e podemos integrar nosso software a diferentes hardwares dependendo apenas de desenvolver uma camada específica para determinado hardware.

    Nós criamos uma interface de funcções mais ou menos assim:

    int Exibir(char* texto) // Exibe sequência de caracteres na linha braille
    int Resetar() // Limpa caracteres na linha braille
    char* Ler() // Retorna conteúdo exibido na linha braille
    bool EstaTravado() // Retorna verdadeiro se a linha braille está na posição travada (em exibição)

    Como disse antes o maior problema é o preço do hardware e sua dificuldade de implementação, iniciamos um pequeno projeto de linha braile com 16 caracteres utilizando micro solenóides porém não teríamos tempo para concluí-lo, por esses motivos iremos substituir a linha braille por fichas pré-impressas que serão reconhecidas através de um código de barras no verso.

    Obrigado pela atenção.
    Dennys Cabrerizo

  • Dennys comentou a entrada "Linha Braille de baixo custo" à 13 anos 3 meses atrás

    Norberto,

    Estou projetando um software para ensinar as pessoas (deficientes visuais ou não) a ler caracteres em braille. A idéia é utilizar reconhecimento de voz para controlar o sistema.

    No início o usuário poderia escolher diversos formatos de "aula", exemplos:
    1. usuário fala uma palavra e o sistema exibe a palavra falada na linha braille, onde pode ser lida pelo usuário.
    2. o sistema escolhe uma palavra e exibe na linha braille e aguarda o usuário ler corretamente a palavra.
    3. verificar quantas palavras o usuário consegue ler corretamente em 5 minutos.

    Existem divresos outros tipos de treinos que podemos criar para exercitar a leitura e facilitar o aprendizado.

    Atualmente estou estudando a parte de reconhecimento de voz e já montei um protótipo que reconhece a voz perfeitamente, o problema é a linha braille, que é a principal interface com o usuário. Os preços das linhas brailles que existem hoje no mercado são muito altos , chegamos a projetar uma linha braille para 16 caracteres, porém não temos tempo para contruí-la, por isso substituimos a linha braille por cartões pré-impressos em braille que serão reconhecidos através de códigos de barras no verso.

    Agradeço o interesse
    Dennys Cabrerizo

  • Dennys comentou a entrada "Linha Braille de baixo custo" à 13 anos 4 meses atrás

    Milton

    Parece que você tem um problema oposto ao meu, estou fazendo um projeto de um software para ensinar a leitura em Braille para deficientes visuais, esse software seria integrado a uma linha braille para o treinamento/teste de leitura e comandos de voz para sua utilização, porém o preço das linhas Brailles existentes no mercado é proibitivo. Tentei procurar projetos de displays menores com 16 caracteres para poder construir e integrar ao software, mas como é meu projeto de conclusão de curso tenho pouco tempo para desenvolvê-lo (apenas até o fim do ano), por isso tive que alterar meu projeto para utilizar cartões pre-impressos ao invés de exibir o texto no display braille.

    Para o projeto conversei com diversos deficientes visuais, inclusive 2 que trabalham comigo e utilizam leitores de telas (ORCA e JAWS) a respeito de linhas Braille. Quanto ao tamanho de cada caractere deve-se seguir o padrão de mercado já utilizado, dessa maneira o usuário pode utilizar diferentes produtos, a integração com leitores de tela é muito importante.

    A quantidade de caracteres pode variar, mas acredito que não deve passar de 40, isso mantém o custo do projeto baixo e atende às necessidades dos usuários em geral. Uma funcionalidade extra de algumas linhas Braille são os botões de navegação que são utilizados para facilitar a utilização, assim o usuário não precisa alternar entre mouse, teclado e linha braille.

    Algo a ser considerado é o tempo de exibição (se automático) ou reset manual.

    Gostei da sua iniciativa e gostaria de saber mais sobre o seu projeto, se precisar de algo mais favor entrar em contato por email.

    Grato
    Dennys Cabrerizo