Está aqui

NO BRASIL SELO DOS CORREIOS HOMENAGEIA O BICENTENÁRIO DE NASCIMENTO DE LOUIS BRAILLE

por Daniela Santos

Selo comemorativo ao Bicentenário de Louis Braille começa a circular hoje em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte.

A Comissão Brasileira para o Bicentenário de Louis Braille (CBBLB), presidida por Dorina de Gouvêa Nowill juntamente com os Correios, lançam hoje, dia 5 de janeiro um selo comemorativo aos 200 anos de nascimento de Louis Braille, o inventor do sistema de leitura e escrita para os deficientes visuais.

O lançamento nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte marca o início das comemorações do bicentenário de nascimento de Louis Braille no Brasil. No total serão mais de um milhão de selos emitidos em todo o país.

O selo criado pelo artista plástico mineiro Ricardo Cristofaro, é uma homenagem que pretende envolver todos os segmentos da sociedade e propiciar uma ampla reflexão sobre o uso do Sistema Braille como um instrumento indispensável às pessoas com deficiência visual tanta na sua educação quanto no exercício da cidadania com maior independência e autonomia.

Considerado o meio natural de leitura e escrita das pessoas cegas, o Sistema Braille está baseado em seis pontos em relevo dispostos em duas colunas de três pontos e permite a formação de 63 caracteres diferentes, que representam as letras do alfabeto, números, simbologia aritmética, musicográfica e, recentemente, da informática.

Sobre Louis Braille:
Em 1825 o jovem francês Louis Braille apresentou a primeira versão do seu sistema de escrita e leitura em relevo para a utilização da pessoa cega. Baseado na combinação de seis pontos dispostos em duas colunas de três pontos o Sistema Braille permite a formação de 63 caracteres diferentes, que representam as letras do alfabeto, números, simbologia aritmética, musicográfica e, recentemente, da informática. Esse sistema se adapta a leitura tátil, pois os pontos em relevos devem obedecer à medidas padrão, e a dimensão da cela braille deve corresponder à unidade de percepção da ponta dos dedos.

Natural de Coupvray, pequena aldeia a leste de Paris, Louis Braille nasceu em 4 de janeiro de 1809. Ficou cego em 1812, aos três anos, após se acidentar na oficina do pai. Ao tentar perfurar um pedaço de couro com uma sovela, aproximou-a do rosto, e acabou por ferir o olho esquerdo. A infecção se expandiu e atingiu o outro olho, deixando-o completamente cego. Para desenvolver um sistema de leitura e escrita para pessoas cegas, ele utilizou como base o sistema de Barbier, utilizado para a comunicação noturna entre os soldados do exército francês. Em 1837, Louis Braille apresentou a versão final do sistema que, embora tenha levado algumas décadas para ser aceito na França, antes do final do século XIX já havia se difundido pela Europa e por outras partes do mundo.

AnexoTamanho
Selo_Braille.jpg95.37 KB