Está aqui

A Biblioteca Municipal de Viana do Castelo apresentou o projecto “Leitura para todos”

por Fernando Branco

A Biblioteca Municipal de Viana do Castelo apresentou o projecto “Leitura para todos”. A iniciativa, que assinalou o Dia da Biblioteca Escolar, contou com a presença de representantes da Fundação Calouste Gulbenkian e do Ministério da Educação, parceiros do projecto, onde foi realçado o papel fundamental da iniciativa na defesa do acesso à igualdade de oportunidade.
O projecto de cerca de 19 mil euros é co-financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Câmara Municipal de Viana do Castelo e dinamizado pela Biblioteca Municipal, e contou ainda com o apoio da Rádio Geice e da Oficina da Palavra do ATL Descansa a Sacola na produção dos livros áudio.
“Leitura para todos” surgiu no âmbito da candidatura da Câmara Municipal ao Programa de Apoio a Projetos de Promoção da Leitura em Bibliotecas Públicas em 2009, levado a cabo pela Fundação Calouste Gulbenkian. Com este projecto, pretende tornar-se acessível a leitura de forma igual e indiferenciada a todos os alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE).
Para tal, foram convertidos e adaptados cinco kits, quatro destinados às entidades parceiras (APPACDM de Viana do Castelo, APCVC de Viana do Castelo, CRTIC de Viana do Castelo e Agrupamento Vertical de Escolas de Darque) que desenvolvem trabalho de apoio ao aluno com NEE da comunidade vianense, e um outro à Biblioteca Municipal que, através do seu Serviço Leitura Especial, possui um conjunto de equipamentos facilitadores de leitura e documentos em formatos acessíveis.
Cada Kit é constituído por vinte títulos, desde o Pré-escolar ao 1.º Ciclo, que integram o Plano Nacional de Leitura (PNL), em diferentes suportes, tais como: livro áudio, livro digital, livro pictográfico e livro braille ilustrado, para permitir o acesso às obras, por parte dos alunos.
Na sessão de apresentação do projecto, foram entregues os kits pela vereadora da cultura e educação e pela directora adjunta do projecto da Fundação Calouste Gulbenkian e, nos discursos, ficou sobretudo patente o interesse da candidatura ao defender o papel da Fundação na defesa do acesso à igualdade de oportunidades.
Fonte: Câmara Municipal de Viana do Castelo.

Comentários

Fico muito satisfeito com esta iniciativa, porque são cada vez menos os apoios àqueles que deles muito precisam...

Iniciativas como esta são preciosíssimas, mas é triste que os meios de comunicação não lhes dêem a devida importância que elas têm...