Está aqui

Blog do Pote - blog de diogo

Um nome esquecido

por diogo

Hoje passei o dia a pensar. O feito de Richard Hoover é claramente comparável ao de Louis Braille que inventou o melhor método de escrita e leitura para os cegos.
Quem é Richard Hoover? É sem dúvida um nome que vai ficando esquecido na actualidade mas a maioria das pessoas cegas utilizam a sua técnica no dia-a-dia para darem os primeiros passos na vida real e talvez até ao resto das suas vidas. Apesar de ser pouco estudado, este método vai fazendo maravilhas pelo mundo fora, criando sorrisos de liberdade aqui e ali pelos seus praticantes. Apesar da sua origem for do pós segunda guerra mundial, a técnica de hoover espalhou-se pelo mundo de uma forma extraordinária e hoje um dos objectos utilizados por esta tem o dia 15 de Outubro para ser lembrado um pouco por todo o mundo.
Apesar do que fez, infelizmente em Portugal quase ninguém sabe dizer quem é este senhor que faz parte das 10 pessoas que na minha opinião mais contribuiram contra a discriminação da cegueira no mundo.
Esta é sem dúvida uma reflecção que dá muito que pensar...
Cumprimentos reflexivos do amigo pote que vai voltar à sua prateleira!

Comentários

Pelo que deduzo da tua mensagem, então este senhor foi o inventor da Bengala. Certo?

Abraços,

Tiago Duarte

Tiago Duarte

Parece-me que sim, e transcrevo aqui o artigo de onde depois retirei esta informação.

HISTÓRIA DA BENGALA

Desde a antiguidade, tem-se notícias do uso de bastão ou vara para a locomoção de deficientes visuais. Como o patriarca bíblico Isaac e Tirésias o profeta.

Mas somente no século XX que registraram tentativas concretas e valiosas para descobrir um meio seguro e eficaz para locomoção dos deficientes visuais.

Em 1930, o Lions Club Peoria Illinois (EUA), apresentou uma proposta lei que após ser aprovada foi chamada Lei da Bengala Branca. Dava prioridade no trânsito
ao deficiente visual que portasse uma bengala branca.

1931, reunião no Lions Club de Toronto (Canadá), estabeleceu o dia 15 de outubro como "Dia Mundial da Bengala Branca",

que passou a divulgar a lei.

1945, o exército americano sentia-se passivo e inoperante diante dos soldados cegados na guerra; 2358, recrutas recebendo pensão do governo e com sua locomoção
comprometida.

Primeiro Tenente Oftalmologista, Richard Hoover, junto com sua equipe, propôs estudar e tratar o problema da cegueira e o mecanismo da marcha.

Hoover criou um método revolucionário de locomoção. Usando um instrumento que lembrava um bastão, mas com função, material e comprimento diferentes.

A aplicação desta técnica foi um sucesso extraordinário.

Hoover desenvolveu um sistema de exploração para ser efetuado com o toque da ponta da bengala, que transmitiria todas as sensações táteis detectadas por
ela.

1948, terminada a primeira etapa, Hoover estendeu o projeto aos demais soldados cegos. Vendo o interesse da sociedade civil, educadores e familiares dos
cegos civis, a partir daí difundiu-se, a todos os interessados, a técnica da bengala longa.

A técnica de Hoover pela sua comprovada eficácia, segue sendo a única em vigor em todo o mundo.

1957, Joseph Albert Apenjo, enviado pela ONU ao Brasil, veio transmitir as técnicas de orientação e mobilidade ao primeiro grupo de profissionais interessados.

Bibliografia:

Deficiência Visual - Técnicas de Orientação e Mobilidade

Helena Flávia R. Melo
http://intervox.nce.ufrj.br/~amigosbr/historia.html

Tiago Duarte

Muito interessante a história da bengala.
Eu numca tinha ouvido antes o nome Richard Hoover.
Penso que a gente se vale de tantos benefícios no nosso dia-a-dia, e raramente paramos para nos perguntar: quem foi o responsável por tudo isso?
Vou compartilhar esta página com meus amigos.

Olá amiguinha!
Concordo contigo. Usamos e abusamos da bengala, e nem se quer parámos para pensar quem nos propurcionou um instrumento tão útil para os cegos. Beijinhos. Sérgio Gonçalves

Olá Tiago,
Ele não inventou a bengala porque os cegos já nesta altura já começavam a utilizar bastões para andarem de um lado para o outro. Richard Hoover inventou sim a técnica que utilizas para andares com uma bengala. Ele estudou por exemplo o equilíbrio das pessoas cegas e então lá surgiu a técnica de Hoover que aposto que utilizas quase no teu dia-a-dia.

Abraços do amigo pote!

Pote

Obrigado pela clarificação da informação.

Um grande abraço.

Tiago Duarte

Tiago Duarte

Tiago, já obtive a resposta que queria ao ler seu artigo.

Acho que os deficientes visuais devem começar a se preocupar em começar a divulgar esse nome para o mundo assim como é divulgado o nome de Louis Braille. Ele certamente merece esse reconhecimento.

Já pensou o que seria de nós sem a nossa bengala? O que seria de nossa independência social e proficional?

Abraços!

mary

sou professor do Projeto Ir e Vir (oferecido pelo Instituto Muito Especial), que oferecemos
a capacitação de cidadãos disseminadores da questão da Acessibilidade.
Um de meus alunos que questionou de onde e por que surgiu o termo "BENGALA BRANCA".
Como encontrei na internet essa história de onde surgiu, gostaria de saber um pouco mais
sobre esse assunto

Grato pela atenção

Arq. Renato Leandrini

Olá Tiago, este teu artigo é bastante interessante, eu desconhecia tudo o que tu e o Diogo aliás o senhor Pote dizem. parabéns pelos artigos.

Diogo, gostei muito do seu nome de blog.

Muito legal!! Gostaria de saber realmente quem é Richard Hoover, pois não é só em Portugal que quase ninguem o conhece. Aqui no Brasil, seu nome tambem não é citado.

mary