Está aqui

Informática para DV

por Fofuchinha

olááá meus amigos deficientes visuais totais, parciais e todos com visão subnormal.

estou aqui por meio desse espaço fornecido para opinar sobre algumas dificuldades para nós deficientes visuais navegar na internet.

Nem todos os sites tem acesso fácil para deficientes visuais, um site que nos proporciona fácil acessibilidade é o site da copel, uma fornecedora de energia aqui do Paraná onde eu moro. Na minha opinião as empresas, instituições ou qualquer órgão que tiver ou for construir um site deveria adaptá-lo para o acesso do deficiente visual, com fácil navegação, links acessíveis, páginas não muito longas, em fim, o webdesigner q for criar o site deve facilitá-lo para o deficiente visual.

Outra coisa são os leitores de tela, alguns sites pedem para executar uma operação, que seja digitado caracteres mostrados sendo que na verdade o leitor de tela não lê para o deficiente visual os caracteres pedidos. Eu uso o Jaws, que na minha opinião é o melhor leitor de tela, mas ainda sim com algumas restrições.

Peço desculpa a todos do Lerparaver e leitores em geral se alguma coisa que eu publiquei esteja incorreta ou não desejada

desde já agradeço a oportunidade e posto aqui o meu MSN para todos que quiserem manter contato comigo para trocar ideias diversas
andressafofucha@hotmail.com

muito obrigada!

anacristina
Alguém sente dificuldade a navegar no blogspot?

anacristina

Por cá tenho conseguido obter as respostas que queroquando estou no blogspot.

Ou seja tenho poucos problemas em navegar nesse blogs.....

Marciel

maciel

Olá pessoal!

Algumas considerações...
Em relação aos códigos que não são lidos pelos leitores de ecrã/tela, os chamados captchas, felizmente, graças à ferramenta Web Visum, isso já está ultrapassado em larga medida! Trata-se de uma extensão do programa Firefox que, uma vez dada ordem para decifrar a imagem (através de um comando), é enviado uma informação para o OCR do programa, que, depois de processar a imagem, envia-a para a área de transferência do utilizador, estando pronta a ser colada. Fiz-me entender?

Actualmente, para se ter acesso a esta extensão é preciso, além do firefox, que lhe envie um convite para a poder usar.

Qualquer dúvida, contem comigo!msn:
tiagoduarte.pt@gmail.com
Tiago Duarte

Tiago Duarte

anacristina
Quais as vantagens do firifox?

anacristina

Eis as que considero mais importantes:
1. Ter extensões, isto é, funcionalidades, recursos..., que fazem com que os cegos tenham bastante autonomia, em muitas páginas da web;
2. Se visitarmos muito uma página, podemos subscrever um Feed/Rss, ou seja, as notícias que nessa página vão sendo postadas na hora, podendo visualizar o seu título sem a necessidade de a abrir.

Tiago Duarte

Tiago Duarte

Minha única contribuição é para dizer que acessibilidade web não é só para nós cegos, é para todos, inclusive pessoas sem deficiência. Surdos precisam de
acessibilidade, pessoas com destreza manual reduzida, pessoas com daltonismo, além de pessoas que se utilizam de navegadores diferentes dos mais comuns.
Por vezes pessoas sem deficiência que usam o Opera, Safari e outros tipos de navegadores ficam também sem acesso. Pessoas que não têm banda larga, conexões
discadas ou banda larga compartilhada por muitos devido à pobreza, tudo isso faz com que desenvolvedores de páginas da web tenham de fazer páginas mais
leves de serem carregadas, mais acessíveis para todos, inclusive para celulares (telemóveis).

Essas imagens citadas chamam-se tecnicamente de captchas, que é uma abreviatura para certificação e identificação de humanos. Isso quer dizer, é uma verificação
de segurança para que robots com spams ou vírus não penetrem naquele espaço. Parece que cegos não são humanos, talvez a humanidade esteja uma categoria
acima, será? (risos).

Já existem soluções textuais e sonoras para os captchas. Acho que o webvision, mencionado pelo colega Tiago é uma solução ainda demorada e trabalhosa,
que pessoas com pouca experiência na web podem ficar atrapalhadas com ela, além de que pode incentivar os desenvolvedores web a continuarem com os captchas
com imagens por acreditar que o problema já está solucionado. De qualquer forma, para algo imediato, é o que pode ser usado no caso de captchas por imagens.
Entretanto, os cegos que se utilizam do webvision dificilmente reclamam ao webmaster da página que nós estamos sendo barrados, pois estes cegos usuários
dessa solução não estão.

Abraços acessíveis do MAQ.

Olá, estimado Maq.

Folgo muito em vê-lo por aqui!

Respondendo ao seu comentário, não acho que a extensão Web Visum seja só para ser usada por pessoas experientes na área de informática. Se eu disser a uma pessoa que quando se deparar com um código desses fizesse control+ alt+ 6 e aguardasse até ouvir a informação de que o código foi enviado para a área de transferência, estando pronto para ser colado com control+ v, de certeza que ela entendia isso com mais ou menos dificuldade.

Falando ainda dos captchas, para além do Web Visum, existe em alguns sites ainda o recurso do áudio, que, à semelhança das letrinhas, também é muito complicado de ouvir, por ter roídos. Para quem tem problemas auditivos, como eu, imagine a grande dificuldade que tem!

O MAQ já alguma vez criou alguma conta no gmail?Eu em tempos consegui criar uma sozinho, com ajuda do áudio, quando ele até estava bem audível e sem roídos que atrapalhassem, mas aqui há tempos, o que me valeu foi mesmo o Web Visum, pois estava muito pior...

Reclamar? Pois, se estiver quieto é que nada acontece, mas quantas reclamações já se fez, por exemplo, à yahoo por não ter suporte de áudio? Inclusive, lembro-me de uma petição que visava recolher assinaturas para essa reclamação ter mais efeito, petição essa que tive o cuidado de assinar devidamente... Eles resolveram alguma coisa, até hoje?

Espero ter-me enganado, mas acho que não.

Concluindo, é caso para dizer, amigo, viva o Web Visum, viva o Firefox, viva o Software livre, viva quem inventou tudo isto, pois é nestas comunidades que se vê a verdadeira solidariedade humana!

Abraços,

Tiago Duarte

Tiago Duarte

Vivas mais ainda para aqueles que inventaram os leitores de tela e os desenvolvem todos os dias para que superem as diárias novas dificuldades que encontramos.

Não sei se resolveram os problemas de captcha do Yahoo, sei que o André Baldo também reclamou disso.

A questão toda é que no ditado "toda a regra tem excessão", nós somos a excessão! (risos). Assim, na maioria das vezes o que é tranquilo para outros é impossível ou difícil para nós.

O Firefox, por exemplo, só a partir do Jaws 8.0 foi que ficou legal para nós e a maioria dos cegos ainda estão com Jaws antigos.

Alguém perguntou por RSS ou feeds por aí, ou foi o amigo mesmo que mencionou sem ninguém perguntar. Pois é , só depois do 8.0 que começamos a ler feeds/rss. Para os que não sabem, é o seguinte: quando eu, que tenho meu site, coloco algo novo nele, crio feeds para que uma pessoa que não tem tempo de ir visitar todo dia meu site, vá até um leitor de feeds e leia minha última novidade. Assim, quando assino um feeds do Ler para Ver, do Mega TTS, do Bengala Legal, posso ir no www.google.com.br/reader e, nesse lugar, saber das últimas novidades de cada um desses sites/blogs. No caso do Lerparaver até podemos receber tudo isso por e-mail todos os dias, mas em sites ou blogs com menos funcionalidades, assinamos o feeds/rss e vamos lá ler todas as novidades de cada um. Como tenho mais de 10 rss assinados, vou no google/reader e sei de tuas novidades de todos eles de uma só vez, ao invés de navegar um por um. Nós já temos acesso a isso e acho fantástico.

Tiago, é com o maior prazer que troco informações contigo por aqui!

Abraços acessíveis e fáceis de usar do MAQ.

Oi Tiago !!

Não sabia q tb usas o google reader !! looool

Olha, podiamos partilhar os nossos feeds ... !! loool

Podes subscrever os meus, usando o link
http://www.google.com/reader/public/atom/user%2F03001943648329350245%2Fs...

E já agora diz-me qual é o endereço dos teus (em shared items) ... !!

Como é bom partilhar conhecimento .... !! lool

Já agora, o Maq, e quem mais quiser tb pode subscrever os meus feeds ... !! lool

Olá,

Eu não uso nada o google reader. O que faço é, depois de subscrever uma página no firefox, as notícias que vão circulando nessa página aparecem na barra de marcadores... Nada de confusões...

Abraços,

Tiago Duarte

Tiago Duarte

Ok, Tiago, cada qual tem seu jeito. Gosto de ir no Google reader, jeito meu!
Sugiro que ensine como o amigo chega na barra de marcadores para ajudar a todos!

Abraços acessíveis do MAQ.

Bom dia,

Então vamos lá à explicação.

Em primeiro lugar, quando estivermos na página que queremos subscrever, vamos ao menu marcadores e escolhemos a opção subscrever esta página...
Passado alguns instantes, abrir-se-á uma janela com a caixa de diálogo em que podemos colocar nome a essa página (normalmente deixo o que está por defeito), damos um tab e escolhemos, com a seta acima/baixo onde queremos colocar essa subscrição, sendo que por padrão está no menu de marcadores, damos tab até adicionar, barra de espaços e pronto, a subscrição está feita.

Para achar a barra de marcadores, vamos ao menu marcadores e descendo com a seta encontramos essa opção, que tem submenu.

Espero ter ajudado!

Abraços,

Tiago Duarte

Tiago Duarte

Está ótimo, Tiago. Só não entendi quando escreveu "a que está por defeito", não seria "a que está por default"? Ou "a que está por padrão"? Estranho esse termo utilizado por você... mas tenho a impressão de que já escutei o termo em algum lugar dessa forma mesmo...

A maneira com que eu faço é diferente: entro no feeds/rss e faço a assinatura sem ser pelo navegador. A única vantagem disso é que, quando vou no Google Reader encontro todas as minhas assinaturas no mesmo lugar. Se assinar 10 sites diferentes, lá estarão os feeds, ou seja, as novidades de todos eles no mesmo espaço, basta eu clicar no que eu quero.

O Internet Explorer 7 também permite o que o amigo faz com o Firefox.

De qualquer forma essa tecnologia foi realmente muito boa para todos e também é bom divulgá-la. Obrigado.

Olá, MAQ.

Quando digo que está por defeito é o mesmo que por padrão ou default. Portanto, neste caso são as diferenças entre o português de Portugal e do Brasil.

Parafraseando-o, mas com todo o prazer,

Abraços esclarecedores do Tiago! risos.

Tiago Duarte

Tiago Duarte

Olá Tiago !!

Por omissão, amigo, por omissão .... !! loool
Ou se diz by default ou por omissão ... !! lool
Por defeito não se deve usar, é uma tradução barata do inglês, e NUNCA se deve usar esse termo nos artigos, mas sim por omissão ... !! loool

Bom, quanto aos feeds, é como o maq disse ....
No firefox tens uma pasta com os feeds, e acedes a 1 ou a outro .... e tens q aceder a N sites de feeds ... !!
No google reader, tens todos os teus feeds num só lugar, de um modo centralizado, e deste modo não precisas de ir a um site ou outro, pq tá tudo no site do google reader ... !!

Há coisas fantásticas, não há !! looooool

anacristina
Olá, é verdade que quando pretendemos criar uma conta, registar alguma coisa (um dos casos foi o registo do avast), que o mozila nos ajuda na digitalização das três famosas letrinhas que tanto irritam um cego?

anacristina

Claro que é, amiga.

Primeiro tens de ter instalado o Web visum.

Se quiseres, envio-te um convite para tal, uma vez que isso é só possível por convite.

Fica bem.

Tiago Duarte

Tiago Duarte

anacristina
O que é o web visum?

anacristina

Olá Ana !!

Eu não sou o Tiago, mas de qq modo vou-te responder ... !! looool

O Webvisum é um addon (ou extensão) do firefox, que pega numa daquelas imagens com letras, e nos diz que letras lá estão ... !!
É muito útil, para usar em sites que tenham esse tipo de imagens, tb designadas por capitchas ... !! loool

Link do webvisum
http://www.webvisum.com/

Link directo para instalar
http://www.webvisum.com/plugin/webvisum-0.7.7.xpi

Espero ter ajudado !!
Beijinhos

Não conheço o Firefox. Certa vez, instalei-o, mas faz tanto tempo que não posso ter medida segura de suas funcionalidades. Comparei-o ao Internet Explorer e, na época, apresentava grande desvantagem, visto que os atalhos de teclado para mover-se entre os cabeçalhos, tabelas, links e blocos de links, citações, listas, frames não funcionavam. Assim, para quem desejava agilidade, não era uma boa opção. Este panorama mudou?

Viva,

Não sei há quanto tempo instalou o firefox e notou tudo o que diz, mas o que é certo é que, hoje em dia, utilizando-se o jaws, a partir da versão 8.0 traduzida, ou o NVDA nas mais recentes revisões, consegue-se obter um grande feedback, tal e qual com o Internet Explorer, com as vantagens já enumeradas por mim e outros utilizadores neste blog.

Cumprimentos,

Tiago Duarte

Tiago Duarte

Olá tiago.

Sou novo aquí no lerparaver.
Estava dando um tur aquí pelo sait e vi esse comentário sobre o webvision e fiquei muito interessado.
Ja realisei a instalação do pluguin e gostaria de saber como eu faço pra receber um convite para queeu poça logar. Se puder, por favor me contate pelo email ou msn.

leotrmg@hotmail.com

Comprimentos:

Leonardo Amaral Ferreira

Será que pode me enviar um convite do web visum ???

Olá KIvia !
Dá-me o teu email q eu te envio o convite ! lool
Bjos

Olá a todos.

Dificilmente fico revoltado enquanto a problemas diversos relativos a inclusão, mas algo tão fácil para adaptar como sites diversos, me revolta quando não consigo acessá-los.
Os que mais acesso são os sites culturais, ou seja, que tenha algum conteúdo de história, filosofia, etc... E é notável como os que assim concideram inteligentes, os que concideram-se informados, contribuem com parte da não inclusão.
Recentemente, fui procurar uma palavra no dicionário online chamado Priberam. Quando tento ver o significado de determinada palavra de nosso precioso vocabulário, eis que me deparo com uma barreira de difícil transposição. A inacessibilidade! Uso o JAWS 7.0 para navegar e não sei enquanto a vocês, amigos, mas eu sinto grande dificuldade para acessar esse dicionário.
Depois de vários minutos onde tento achar um email no site para que pudesse enviar a reclamação, concigo achá-lo, e enviar o email. Até hoje não "vi" mudanças na página para que possa navegar tranquilamente.
O que me deixa pensando certo tempo, é a seguinte pergunta. O que mais importa no site? Seu conteúdo ou sua beleza? Por vezes colocam animações em flash, propagandas em flash e usam vários outros programas de animação que deixam todos os sites lindos, ja que cheguei a enxergar até uma certa idade de minha vida e presenciei esses sites. Mas será que isso realmente é o que mais importa?

Respondendo rapidamente a pergunta da Cristina, eu navego tranquilamente por vários blogs, isso é, quando estes não possuem animações, etc...

Fico por aqui, mas não termino no mesmo ponto. O fato é que ha muitas coisas que necessitam melhorar nesse mundo cibernético, mas poucas são as pessoas que querem fazê-lo. E muito ha para falarmos e questionarmos.

Sidarta

Sidarta

Caro amigo,

O amigo pedir para deixar um site acessível requer que saiba como fazê-lo. A maioria das pessoas que desenvolvem páginas na web não são profissionais e não sabem como, por exemplo, criar adequadamente um texto explicativo para uma imagem, por exemplo, e dos mais básicos. Por vezes nem é má vontade, mas desconhecimento de como fazê-lo. Nesse caso específico da imagem, que no html é colocada através do elemento img, o amigo tem de pedir que se coloque o atributo de imagem denominado alt, por exemplo:

Fui colocar uma tag de html explicando o atributo alt e acabei criando uma tag de verdade que foi recusada e, a partir dali, minha mensagem apagada.

Mas é isso aí Sidarta, não basta pedir, pois as pessoas do outro lado, na maioria das vezes, não sabem como fazer a alteração para que o site fique acessível. Temos de ter conhecimento técnico e dizermos: por favor, ali, no lugar tal, está inacessível para mim. Se o amigo fizer de tal forma, terá mais visitantes em seu site etc... Ministro cursos de acessibilidade web para profissionais e precisa ver como não sabem o básico. Sendo assim, não é má vontade, é falta de conhecimento na maioria das vezes.

Abraços cegos e acessíveis do MAQ.

Oi Maq !!

Hoje fui ver o meu correio da yahoo, relativamente ao lerparaver, e só agora encontrei este post ... !! loool

Eh, pá, q nome engraçado ... !! lool
Se se trocasse o q por c, ficava Mac (Macintosh) ... !! loool

Essa coisa, de se reclamar e os tipos não responderem é mesmo muito mau ... !! Podiam ao menos responder, a dizer q não tinham formação sobre isso, ou a perguntar q coisas se podem melhorar ... !!
Enfim .... penso q por vezes o q falta a essa gente é um bocadinho de humildade ... !! :-(

Eu penso que para a maioria dos programadores web, e pra quem faz sites, o que lhes faz falta, é por vezes um pouco de sensibilidade, relativamente aos DVs e outros deficientes com mobilidade reduzida ... !!
Eu pessoalmente tenho aprendido imenso com o pessoal da comunidade lerparaver, e se tivesse que fazer um site, já o faria o mais possível acessível .... !!
Eu, mais recentemente tive uma acção de formação sobre produção de páginas de internet avançado, e reparei que é sim possível aliar a beleza à acessibilidade ... !! O truque, está em usar os estilos css, para dar beleza ao site e para dispor os elementos (tableless) ... !!

Já agora MAQ, será que tens documentação sobre os cursos q ministras de acessibilidade web na net ??
Se tivesses seria bom, para compartilhar cá com a gente, programadores e curiosos, ... !! looool

Abraços

Oi amigo, boa noite.

O que tenho de material está em meu site www.acessibilidadelegal.com , que é um site técnico e para quem saiba desenvolver sites. Deve ser o caso do amigo.

Meu nick é MAQ e minha rubrica também, M de Marco, A de Antonio e Q de de Queiroz.

Alguns desenvolvedores são resistentes em aprender coisas novas, mas não é o caso de outros tantos. A má vontade, por vezes, é apenas uma capa do medo de não conseguir aprender ou mesmo de ter de tomar contato com o desconhecido. (cegos, por exemplo). Nós somos, muitas vezes, um "bicho-gente" muito diferentes do que imaginam, justamente porque somos iguais e isso assusta. Se o amigo vai conhecer uma tribo de índios, todo preparado para falar em tupi-guarani, e os caras começam a falar em inglês londrino, você sai de lá achando que está doidão: você ou o índio? (risos).

Mas, Filipe, não precisamos falar inglês londrino, basta falarmos em português mesmo, que a aproximação por vezes é difícil, por verem antes a deficiência que nós mesmos. A deficiência é uma barreira mesclada de preconceitos e costumes, que não é tranquilo ser transposta.

Certa vez discuti sobre xhtml com um sujeito que não queria dar o braço a torcer de que eu estava certo e, no final, ele acabou a conversa com essa pérola de preconceito: "se um cego sabe mais do que eu é porque eu não sei nada!".

E olha que era uma coisa banal de códigos strict e transitional!

Abraços acessíveis do MAQ.

Olá, Mac.

Concordo com você enquanto ao quisito de saber falar com os programadores, pois muitos são desenformados enquanto a causadores de inclusão na internet. Agora diga-me. E os programadores ou administradores do site, não deveriam ao menos ter enviado uma menssagem a mim, alegando que não sabia que as modificações no site causou inacessibilidade aos deficientes visuais e perguntar-me o que podem melhorar? Creio que qualquer pessoa que tenha o mínimo de educação e preocupação enquanto a isso, faria o que eu estou falando de a menos responder o meu email, não ignorá-lo.
De fato, quando eu o enviei, não estava explicando profundamente o que me causa o desconforto, mas estava explicando de forma sussinta. Algo que acredito ser o suficiente para, pelo menos conciderarem meu email ou minhas palavras.
Muito grato pelo comentário
Abraços

Sidarta

Sidarta

Ana RochaOlá amigo, poderia dizer-me qual é esse tag completo usando o alt para imagens? o meu obrigada. Cumprimentos Ana Rocha

Ana Rocha

Olá Ana !!

Eu não sou o MAQ, mas respondo à tua pergunta !! looool
A sintaxe é a seguinte
<img src="mais.gif" alt="mais informações" ... >

Beijinhos

Oi amiga, boa madrugada por aqui.

Da outra vez que fui colocar a tag completa deu problemaas na edição, mas se a amiga quiser conhecer o atributo ALT, o LONGDESC e o D.link (este último não é atributo, apenas um link comum), vá no link:

www.acessibilidadelegal.com/13-equivalentes.php

Abraços acessíveis do MAQ.

Olá, queria comentar que realmente na maioria das vezes é por falta de informação mesmo, eu faço um curso de programação e meu professor de html nunca comentou sobre como tornar o site mais acessível, o que é um grande erro, pois todo ano são 70 pessoas formadas em informática nesse curso que saem sem saber como tornar um site mais acessível, aliás, nem sei se meu professor sabe como!

beejo

Será que algum dia o Jaws será capaz de ler estas letrinhas que nos tormenta tanto? Me sinto muito mal por não poder participar do painel interativo da Rádio Jornal de Recife por causa destas letrinhas. Será que devo ter esperanças de que haverá algum leitor capaz de ler estas letras? No que depender da Rádio, ou da Uol que é o provedor dela, acho que isso não vai se resolver.

De fato, há muita página com acessibilidade reduzida. Mas entre as inacessíveis, flagrante e acintosamente inacessíveis, encontram-se aquelas que exigem a digitação de caracteres de uma imagem. Há algum tempo,, encontrei um gestor online de tarefas. Parecia muito bom, mas exigia a digitação de uma imagem. Minha primeira reação foi enviar uma mensagem para alertá-los do problema, mas para enviar a mensagem, também era necessário digitar caracteres de uma imagem!

A propósito. Tenho buscado uma opção online para calendário, gestor de tarefas.. Gmail, Yahoo e Hotmail possuem boas opções de agenda. Contudo, somente os dois últimos fornecem boa acessibilidade.
A página do correio eletrônico do Google é muito boa porque carrega o modo HTML básico. Mas e quanto aos demais serviços: os amigos tem conseguido utilizar a Agenda, o Reader, o Google Docs sem qualquer dificuldade?

Sim, é possível implementar dizeres em flash, o que falta é conscientização por parte de nós desenvolvedores de webdesigners. Outro fator é a preguiça, risos, pois, a Adobe criou o Adobe flash e o dreamewever com uma ferramenta descritiva, mas nós criadores de homepage só nos preocupamos com o menor tempo para criar e o menor custo para os nossos clientes. Enfim, é uma questão de preguiça, mesmo.

Osvaldo Yano
osvaldoyano@hotmail.com
telefone celular (11) 8833+7722
telene residencial 55+11+29578432